na Biblioteca Inhotim

Dia da Mulher: Intervenção

A ação que ocorreu no mês de março de 2018 expôs, de diversas formas o manifesto ''CONTESTA'', elaborado pela bolsista do projeto Laboratório Inhotim, Vanessa Brasil, além de vídeos com temas correlatos de outros bolsistas do projeto. No dia 8 de março, funcionárias do Inhotim foram convidadas a transcrever nas paredes de vidro da Biblioteca o manifesto, desempenhando e promovendo um movimento conjunto de conscientização e debate sobre o conteúdo abordado pelo manifesto. No sábado, dia 10 de março, o convite foi estendido aos visitantes que puderam ler, refletir e conversar sobre o manifesto, para após, escreverem nos vidros, compartilhando pensamentos, emoções, relatos, denúncias e desenhos que revelavam temas e questões importantes que permeiam o universo feminino. As intervenções nos vidros da Biblioteca ficaram expostas durante todo o mês de março e foram observadas e registradas por muitos visitantes.

CONTESTA - Entendo e defendo que a mulher tem o direito de vestir, agir, falar, se comportar, trabalhar, ser o que quiser, andar pela rua sem medo, não ser objetificada, ser ouvida e ser respeitada. Mas não é o que vejo, não é o que sinto do dia a dia. Vejo mulheres com medo, reprimidas, desrespeitadas, inferiorizadas, invisíveis para a sociedade. Portanto, como tantas outras, procuro romper com um processo sociocultural que dita meu papel. Luto pela igualdade de gênero e pelo direito de ser respeitada. Por Vanessa Brasil, 2018.